sete dias sem medo da notícia
Capitão Wagner cobra apuração rigorosa contra Cid por empréstimo irregular no BNB
Dep Capitão Wagner / Foto: Edson Júnior Pio
Por : Redação CN7
07/06/17 16:13

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) cobrou, nesta quarta-feira (7), na Assembleia Legislativa, uma apuração rigorosa da denúncia contra o ex-governador Cid Gomes (PDT), acusado de usar o cargo à frente do Abolição para obter facilidade em empréstimo de R$ 1,3 milhão junto ao BNB e com juros abaixo do praticado no mercado.

“Acredito ser contraditório que o governador tenha dado uma garantia de R$ 4 milhões ao BNB e, quando veio aqui à Assembleia, há poucas semanas, para se defender das delações da JBS, ele afirmou que, em 30 anos de vida pública, acumulou um patrimônio de apenas R$ 700 mil”, afirmou Wagner.

A Justiça Federal em Sobral aceitou a denúncia na segunda-feira (5), tornando Cid réu no processo. O dinheiro foi usada na construção de um galpão em Sobral, hoje alugado à cervejaria Itaipava, envolvida na Operação Lava Jato como laranja da Odebrecht em pagamento de propina a políticos.

Ainda segundo o deputado, a denúncia do MPF aponta que o empréstimo foi concedido com juros abaixo do mercado, por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para pequenas empresas. Com os recursos, foram financiadas obras de construção de galpões que posteriormente foram alugadas para uma empresa de bebidas alcoólicas.

“É algo muito grave que um então governador chegue em um banco público e consiga um empréstimo adotando mecanismos irregulares e superfaturando recursos. Considero uma imoralidade se utilizar do cargo de governador para benefício pessoal”.

LINKS PATROCINADOS