sete dias sem medo da notícia
Preso taxista que comandava assaltos com famílias tomadas como reféns em Fortaleza
O taxista Augusto César dos Santos foi preso em flagrante após mais um assalto residencial
Por : Redação CN7
01/06/17 10:50

Um taxista foi preso em Fortaleza, na noite desta quarta-feira (31),  suspeito de comandar uma quadrilha que assaltava casas de luxo em bairros de classes média e alta da cidade. O bandido invadia as residências e mantinha famílias inteiras como reféns.

A prisão dos acusados foi realizada pela Polícia Militar após mais um ataque dos bandidos, desta vez na Cidade dos Funcionários. O táxi era utilizado para não despertar suspeitas, já que os assaltantes escolhiam casas de pessoas de alto poder aquisitivo.  No momento em que as pessoas chegavam ou saíam dos imóveis, os bandidos armados desembarcavam do táxi e rendiam as vítimas.

O cerco policial aos criminosos teve perseguição que foi parar no bairro Tancredo Neves, onde os militares interceptaram o táxi nas proximidades da comunidade Vila Cazumba. Era lá onde o taxista,  que se identificou como Augusto César dos Santos, morava e onde também a quadrilha se escondia por algumas horas após cada assalto residencial.

Na noite de ontem, Augusto comandou mais um roubo a residência e ao ser preso estava na companhia de dois assaltantes, identificados como Cleílton Gomes de Oliveira e Vitor Viana, seus vizinhos e parceiros do crime.

Os assaltos eram praticados, com freqüência em residências de famílias de classe alta e média nos bairros Cidade dos Funcionários, Lago Jacarey, Parque Água Fria, Engenheiro Luciano Cavalcante, Cambeba, Guararapes, Jardim das Oliveiras, Salinas e Parque Manibura.

Só dois???

Os assaltantes foram encaminhados ao plantão do 13º DP (Cidade dos Funcionários), onde foram autuados em flagrante. A Polícia acredita que a divulgação das imagens dos bandidos pode levar muitas pessoas, vítimas dos roubos, a reconhecer os assaltantes.

Ao ser indagado por um policial quantas vezes já tinha participado de assaltos com os comparsas detidos, o taxista confessou: duas vezes. A Polícia acredita que esse número seja bem maior.

Veja vídeo do momento da prisão dos assaltantes:

LINKS PATROCINADOS