sete dias sem medo da notícia
Vídeos mostram contradições com ataques a Janot, Moro,Teori e tentativa de extorsão
Por : Redação CN7
21/05/17 7:26

Acabou! Fim! O ex-governador Cid Gomes sai desmoralizado com a delação premiada dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. Se em passado recente.

Cid defendia sua honestidade com agressões ao falecido ministro Teori Zavaski, chamando-o de “corno”, o juiz Sérgio Moro é um ” picareta” e o procurador da República, Rodrigo Janot é ” ladrão”, hoje tem que se preocupar com o futuro onde crescem as chances de ser preso.

Cid é acusado pelo empresário Wesley Batista de extorsão. O ex-governador fez um achaque ao grupo JBS de R$20 milhões, e o fato ganhou repercussão em toda mídia brasileira.

O mais surpreendente e inesperado é o fato do achacador de empresários ser o próprio Cid Gomes. E depois mandar seus secretários, buscar o dinheiro.

Vejam o vídeo onde para arranjar uma propina de R$20 milhões, Cid paga R$110 milhões de impostos devidos ao JBS.

LINKS PATROCINADOS